28/01/2021

.

O modelo de trabalho híbrido não é novidade, mas está se tornando cada vez mais discutido no meio corporativo em função da pandemia. Trata-se de um modelo no qual se alterna entre dias trabalhados presencialmente na organização e dias em home office.

Certamente, devido ao isolamento social, as empresas vêm mudando drasticamente a forma a qual realizam suas atividades, redesenhando suas operações e reinventando a forma como o time trabalha.

Existem muitos benefícios ao trabalhar em casa, mas, ao mesmo tempo, é um desafio. Gerenciar vida pessoal e profissional – juntas e misturadas no mesmo ambiente – pode não ser muito fácil para quem não possui o mínimo de disciplina e organização.

Dessa forma, muito se falou sobre isso nos últimos meses; tivemos acesso a diversas dicas de profissionais para como sermos produtivos trabalhando em casa, por conta do nosso novo normal.

Agora, o assunto em pauta é sobre o retorno das pessoas aos escritórios. As empresas estão planejando a retomada ao trabalho presencial que, seguramente, não ocorrerá como era antes da Covid-19.

No que diz respeito ao tema, fala-se no “caminho do meio”, com maior flexibilidade, e que se julga o melhor para os profissionais e as empresas, haja vista as vantagens que este modelo traz já serem reconhecidas, ou seja, as equipes deverão se tornar cada vez mais híbridas, trabalhando tanto no escritório, quanto em casa.

As lideranças deverão estar bem preparadas para gerenciar o modelo híbrido, ajustando os prazos e entregas, pois os profissionais terão maior liberdade na organização da própria rotina de trabalho. Será importante haver equilíbrio, tanto na dinâmica das atividades, como em sua cobrança.

A comunicação continuará sendo essencial neste processo – garantir sua fluidez e transparência será indispensável para que todos recebam as informações e orientações fundamentais a respeito da execução de seu trabalho.

A tecnologia também é crucial, visto que todos devem acessar as informações necessárias em qualquer lugar onde estejam. Sabe-se que as empresas estão munidas de novas tecnologias as quais permitem o bom andamento das atividades, e, juntamente, chegam as políticas de proteção e segurança de dados, bem como a disseminação das boas práticas de TI, para evitar qualquer tipo de vazamento de informações que podem vir a ser prejudiciais à organização.

Estamos dando início a uma nova cultura organizacional ao implantar o modelo de trabalho híbrido. Por quanto tempo ele irá durar? Será permanente? Ainda não sabemos. O que está evidente nesse momento é o fato de ser o modelo mais seguro a ser adotado, de acordo à realidade de cada empresa.

Autora: Raquel Menchick

Entre em contato conosco

Solicite maiores informações

Preencha nosso formulário e entraremos em contato em breve

Como podemos ajudar você?