07/10/2020

.

A pandemia gerada pelo novo coronavírus trouxe mudanças significativas em nosso dia a dia, tivemos de nos reinventar e nos adaptar a este momento de grandes transformações e incertezas.

Diante da crise, a área de RH enfrentou uma nova realidade nunca antes vivida: a pandemia – e precisou tornar-se ágil na adequação à nova rotina, uma vez que foram despertadas diversas modificações dentro das empresas.

O desafio do RH teve início com a criação de medidas emergenciais de segurança, visando a saúde dos colaboradores. A área precisou de muita empatia e influência, a fim de manter as pessoas motivadas e engajadas para não perderem o foco e nem a produtividade no formato home office.

Atualmente, a comunicação tem sido um elemento primordial, sendo a sua forma fundamental para manter a sinergia entre RH e a força de trabalho, pois quando não há uma presença física diária, comunicar-se, passando informações claras, é fator essencial para não haver prejuízos naquilo que se fala e no seu entendimento.

Outro ponto de atenção é a ansiedade, elemento naturalmente conhecido por todos nós. Agora, ela passa a ser protagonista na vida de muitos, isso, devido ao isolamento social, o medo do cenário que vivenciamos e a saudade dos familiares e amigos que não estão tão próximos, tais quais corroboram para o aumento dos casos de pessoas com ansiedade e depressão, em resposta ao estresse.

Assim, reverter este momento tão delicado em um período harmonioso entre vida pessoal e profissional demanda criatividade dos profissionais de RH. Além de acompanhar as atividades da equipe, eles têm a tarefa de transmitir equilíbrio, para que todos gerenciem bem o seu tempo, produzindo resultados positivos nesses tempos difíceis e com a esperança de que sairemos transformados dessa experiência.

Autora: Raquel Menchick

Entre em contato conosco

Solicite maiores informações

Preencha nosso formulário e entraremos em contato em breve

Como podemos ajudar você?